A partir de 1 de julho, as novas regras do IVA europeu entrarão em vigor na União Europeia. A medida, destinada especificamente ao comércio eletrónico, visa simplificar os procedimentos comerciais, reduzindo os encargos administrativos e diminuindo o fosso entre o IVA esperado e o cobrado nos países membros da União Europeia.

 

A regulação do IVA do e-commerce tem um impacto direto nos comerciantes online, plataformas ou “marketplaces” digitais, operadores postais, empresas de correio e de transporte e, naturalmente, consumidores da UE.

 

Para a generalidade das operações, o IVA sobre a venda à consumidores finais passa a ser tributado no estado-membro de destino, isto é, as faturas emitidas pelo sujeito passivo a um consumidor terão de fazer referência à taxa de IVA em vigor do país de destino dos bens.

 

Os valores de IVA aplicados aos clientes são:

Portugal  23%
Espanha  21%
França  20%

 

Todos os preços de artigos Paw Natural contém o IVA do país do Consumidor final, que é recalculado na finalização de encomenda.